domingo, 11 de agosto de 2013

SENAR CAPACITA MULHERES EM MATO GROSSO


DA REDAÇÃO


Mulher de fala mansa, simples e concentrada no seu crochê, Marilze Ribeiro da Silva, de 50 anos, vive em Rosário Oeste, acerca de 100 quilômetros de Cuiabá há muitos anos. Entre um ponto e outro, ela conta que o artesanato transformou sua vida. Atualmente, ganha em média, R$ 400 por mês com a venda das peças que produz. Marilze já negociou com clientes de Nova Mutum, Nobres, Tapurah e várias outras cidades mato-grossenses. Esta renda extra que chegou com a venda do artesanato, ajudou Marilze a terminar de pagar a casa em que mora com a família e a comprar vários eletrodomésticos. Além de ter um ganho extra, a artesã ensina o que aprendeu para outras mulheres. “Não cobro e os encontros são divertidos e ajudam a manter as pessoas mais alegres e ativas.” Marilze e suas amigas aprenderam a fazer artesanato e várias outras atividades em cursos oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) levados para Rosário Oeste pelo Sindicato Rural do município. Nos últimos cinco anos foram realizados mais de 300 treinamentos para a população rosariense. O presidente do Sindicato Rural de Rosário Oeste, Euclides Maciel, conta que estes cursos transformaram não só a vida deste grupo de mulheres como também de profissionais de outras áreas como a de máquinas e implementos agrícolas e beneficiamento de carnes. “A meta é levar mais 20 cursos para o município ainda este ano”. O presidente do Conselho Administrativo do Senar-MT, Rui Prado conta que em 2012 foram capacitados, na área de promoção social 41.345 pessoas. ”Oferecemos 2.900 treinamentos. Se compararmos aos números de 2010 podemos dizer que estamos tendo um aumento de, cerca de, 4,5% ao ano”. Além da promoção social, o Senar-MT oferece ainda dezenas de cursos, oficinas e treinamentos para a formação do profissional do campo.

Fonte: a Gazeta

Nenhum comentário: