domingo, 12 de agosto de 2007

12 de Agosto - dia de luta contra a violência no campo

A data relembra o assassinato de Margarida Alves, em 1983, uma grande lutadora contra as injustiças no campo que foi morta a mando dos fazendeiros interessados em continuar explorando as trabalhadoras e trabalhadores. Os assassinos continuam soltos, não foram julgados, por isso é preciso lembrar e se mobilizar todo ano, porque a violência no campo continua.
O assassinato de Irmã Dorothy Stang, agente da Comissão Pastoral da Terra, e de outros sindicalistas escancarou para a sociedade brasileira e para aqueles que ainda teimam em não querer ver, a realidade de violência no campo brasileiro.
Em razão da morte de Margarida Alves as trabalhadoras rurais se organizaram para a "Marcha das Margaridas" que além de ser um ato político de reivindicação é considerada um importante marco na trajetória de lutas sindical e feminista.

A primeira Marcha ocorreu em 2000 e a segunda em 2003 e a terceira ocorrerá nos dias 21 e 22, em Brasília.

3 comentários:

Maria Fernanda disse...

Minha tia avó morreu por lutar contra um fazendeiro, minha avó conta que ela sofreu até morrer....
Parabéns pela postagem.

Tânia Defensora disse...

Obrigada pelo relato! Não sabia dessa estória.

Geraldo Gomes disse...

Exceto esse LOUCO que vos escreve não existem seres humanos dispostos a erradicarem a violência no planeta terra e sabes por que?Porque ela é uma indústria fabricada pelos seres humanos que gera lucros e que proporciona felicidades.Conheces algum local habitado por seres humanos que não haja violência?Conheces algum ser humano que não seja violento?Conheces algum homem ou mulher talentosa ou gênio na prática da não-violência?O que estás fazendo para que não haja violência no planeta terra?Relatando-as?Comentando-as?Divulgando-as?Somente os violentos são capazes de cultuarem e de reclamarem da violência.Eu assumo que sou violento e que sou a "CAUSA" da violência mas lamentavelmente os pacificadores,os inteligentes e os reclamantes da violência são incapazes de assumirem suas próprias violências e de enxergarem a CAUSA das mesmas diante de seus próprios espelhos.O que fizeste hoje para que haja a PRIMEIRA ERA da não-violência no planeta terra?Se teus vínculos violentos derem-te algum tempo disponível acesse:www.geraldo-gomes.blogspot.com Depois de lêres todo conteúdo espero que compreendas de que nada estás fazendo para o desativamento e o desarmamento da ARMA[o ser humano}mais letal e destrutiva do planeta terra.Ignorar-me é fácil,é comum,é natural e é normal,QUERO VIR IGNORARES A VIOLÊNCIA.Em relação a violência,SOMOS O QUE FAZEMOS E NUNCA DEVEMOS SERMOS O QUE NOS FAZEM.GERALDO GOMES.[MORADOR DE RUAS].