terça-feira, 2 de outubro de 2007

Amanhã, dia 03 de Outubro é aniversário de Allan Kardec


Nascido em Lião, França, em 03 de Outubro de 1804, numa antiga família de orientação católica com tradição na magistratura e na advocacia, desde cedo manifestou propensão para o estudo das Ciências e da Filosofia.

Conclui seus estudos na Escola de Pestalozzi, na Suíça, tornando-se um dos seus mais distintos discípulos e ativo propagador de seu método, que tão grande influência teve na reforma do ensino na França e Alemanha.

Concluídos os seus estudos, o jovem Hippolyte Léon Denizard Rivail retornou ao seu país natal. Aos 18 anos publicou seu primeiro livro: Curso Prático e Teórico de Aritmética.

Como pedagogo o jovem Rivail dedicou-se à luta para uma maior democratização do Ensino Público.

Utilizou-se do ensino intuitivo, processo didático preconizado por Pestalozzi, segundo o qual se transmite ao educando o conhecimento através das experiências e observações, recorrendo-se aos exercícios de intuição sensível.

Em 1854 ouviu falar dos fenômenos das Mesas Girantes (manifestações mediúnicas) e já era estudioso do magnetismo. Começou a freqüentar as reuniões e passou a codificar o Espiritismo. Quando publicou “ O livro dos Espíritos” adotou o pseudônimo “Allan Kardec”, para evitar confusão, pois, seu nome era muito conhecido do mundo científico, em virtude de seus trabalhos anteriores .

4 comentários:

Ana Paula Nogueira disse...

Grande duas coincidencias em nossas vidas pude perceber hoje. estou eu à procura de dados sobre allan kardec para fazer uma homenagem pelo seu aniversário em meu blog e me deparei com o seu, fazendo a mesma homenagem. A segunda coincidencia foi o estilo do seu blog ser o mesmo meu. Muito legal. Um abraço. Ana Paula Nohueira (jornalista)

Tânia Defensora disse...

Olá Ana Paula!
Obrigada pela visita.
Acho que temos bom gosto!
O que vc acha?

Maria Fernanda disse...

Belas palavras sobre um dos Pedagogos mais importante de todos os tempos...
bjs

Tânia Defensora disse...

Pois é Fernanda!
Nós espíritas temos que render homenagens a esse homem que ajudou a codificar a nossa Doutrina.