domingo, 21 de outubro de 2007

VI Congresso Nacional de Defensores Públicos


Encerrou-se dia 19 de Outubro o VI Congresso Nacional de Defensores Públicos, realizado no Centro de Convenções e Feira da Amazônia "Hangar", em Belém, no Pará.
O local escolhido para a realização do evento não poderia ser melhor: amplo, bonito, bem localizado e com boa estrutura. A estadia no Hangar poderia ter sido mais agradável se ar condicionado não estivesse tão gelado.
Atrasos são comuns em eventos como esse, mas em Belém, foram constantes. Importante esclarecer que nem sempre a demora para o início dos trabalhos se deu por conta da organização. Os próprios congressistas colaboraram para a ocorrência. Também, pudera! Belém é tão bonita e possui tantas atrações que muitos colegas se empolgaram com fotos, compras, iguarias culinárias, que acabaram se atrasando para o principal: a presença no Congresso.
Nem mesmo os palestrantes e painelistas escaparam da tentação de esticar a noite paraense e alguns acabaram dormindo até mais tarde.
Mas Congresso é isso mesmo: uma oportunidade de conhecer colegas do Brasil inteiro, um momento de entrosamento e troca de experiências. Aliás, acho que faltou mais tempo para a troca de experiências. Os painéis foram muito expositivos e as palestras se transformaram em monólogos devido ao pouco tempo que sobrava aos oradores em razão dos freqüentes atrasos.
Torço para que Mato Grosso, que sediará o próximo Congresso, consiga realizar um evento capaz de envolver mais os Defensores Públicos na discussão dos temas.
A instituição da Comenda de Mérito foi uma bela iniciativa da ANADEP e o escolhido para receber a homenagem não poderia ser outro: dr. Pierpaolo Bottinni, jurista de escol e que de fato abrilhantou nosso Congresso.
Houve extravio de alguns relatórios, inclusive o meu, mas isso acontece. Tentei remediar, não sei se consegui. Enquanto a Assembléia era realizada puxei pela memória o que foi dito durante a exposição sobre a Lei Maria da Penha e digitei, entregando-o para o Gianni, um dos Defensores responsáveis pela elaboração do relatório final.
Pertinente elogiar a forma impecável como fomos recebidos: o coquetel de abertura foi um primor e o jantar de encerramento foi maravilhoso. Não passou despercebido o zelo de confeccionar placas de identificação para todos os painelistas, relatores e palestrantes. Pode parecer um mero detalhe, sem muita importância, mas quem já participou de comissão organizadora de qualquer evento, ainda que seja de âmbito estadual, sabe do que estou falando.
Parabéns Gianni, parabéns Maria de Belém e a todos que colaboraram para a realização do VI Congresso Nacional de Defensores Públicos, vocês foram ótimos!

Nenhum comentário: