segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Aproveitando o ensejo, já que a blogagem coletiva contra a pedofilia será essa semana, leia o texto abaixo sobre o Terceiro Congresso Mundial de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes:


O Rio de Janeiro foi a cidade escolhida para sediar o 3° Congresso Mundial sobre Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que deverá reunir 4.000 pessoas entre os dias 25 a 28 de novembro. A decisão foi tomada durante reunião da comissão organizadora, realizada nos dias 22 e 23 em Brasília e reuniu governos de diversos países e sociedade civil. O evento será realizado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH/PR) em conjunto com a Articulação Internacional contra Prostituição, Pornografia e Tráfico de Crianças e Adolescentes (ECPAT) do Brasil e Internacional; Unicef Brasil e Internacional; e NGO Brasil e Internacional – uma rede de Organizações Não Governamentais ligadas ao tema.

O tema de abertura do Congresso é "Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente e a sua Proteção contra a Exploração Sexual – Por uma Visão Sistêmica". Durante os três dias de encontro, serão realizadas oficinas, espaço de diálogo e cinco painéis – Formas de exploração Sexual Comercial e seus novos cenários; Marco Legal e Responsabilização; Políticas Intersetoriais Integradas; Iniciativas de Responsabilidade Social; e Estratégias de Cooperação Internacional.

O 1º Congresso aconteceu em Estocolmo, na Suécia, em 1996, e definiu como crime contra a humanidade o abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, pornografia, turismo sexual e tráfico de pessoas para fins sexuais. A mobilização social iniciada pelo 1º Congresso teve como conseqüência, no Brasil, a elaboração e publicação do Plano Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual Infanto-juvenil, instrumento de garantia na defesa de direitos de crianças e adolescentes. O 2º Congresso aconteceu em 2001, em Yokohama, no Japão, onde o Brasil apresentou os resultados dos acordos estabelecidos no 1º Congresso Mundial e das ações desenvolvidas de forma articulada entre a sociedade civil e o poder público.

Fonte:
http://www.presidencia.gov.br/estrutura_presidencia/sedh/noticias/
ultimas_noticias/MySQLNoticia.2008-01-23.2853

3 comentários:

Maria Fernanda disse...

Legal, precisamos realmente dessas atitudes para mudar nossa realidade.
bjs

Tânia Defensora disse...

Oi Fê!
Gostaria muito de poder participar.
Vamos ver, quem sabe...

Anônimo disse...

DRA.Tânia:
Boa tarde!
Meu nome é Leticia, sou psicóloga e faço parte de uma Ong de São Paulo, a FUNDAÇÃO ORSA, que realiza diversos trabalhos de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes. Gostaria de saber se vc possui mais informações sobre o III Congresso Mundial que acontecerá no RJ, pois o único dado que possuo se refere ao dia do evento... Não encontrei informações sobre o local, horário, valores, como será a inscrição, etc.
Obrigada pela atenção disponibilizada.
Atenciosamente,

Leticia Teixeira de Azevedo
Analista de Projetos Sociais
Projeto Alô VIDA
FUNDAÇÃO ORSA