sexta-feira, 2 de maio de 2008

Curso de Parto Sem Dor

Neste mês de maio quero homenagear as mamães, especialmente as mamães de primeira viagem, que têm medo do parto.

Você já ouviu falar de parto sem dor?
Ao contrário do que muitos(as) pensam, não tem nada haver com a cesárea.
O parto sem dor é justamente o parto normal. Como é possível? Muitas amigas que fizeram o curso de parto sem dor e puderam esperar as contrações, garatem: funciona mesmo!
Eu fiz o curso de parto sem dor para poder ter parto normal, mas infelizmente a minha placenta amadureceu precocemente e então o médico desaconselhou.
Mas o curso me ajudou muito!
No sétimo mês comecei a frequentar as aulas com a dona Lucinha, uma senhora que há mais de 30 anos ensina mamães a se preparem para receber seus bebês.
Girar os bicos dos seios durante a gravidez para evitar ferimentos na amamentação, fazer caminhadas e agachamentos para abrir a bacia, massagear as costas durante o banho para aliviar as dores foram alguns dos macetes que aprendi durante o curso.
Além, é claro, de conversar muito com o bebê (ainda na barriga).
O método é simples: Pavlov!


Um fisiólogo russo: Ivan Petrovich Pavlov fez as primeiras experiências com o seu cachorro. Segurava um pedaço de pão e mostrava ao cão antes de dá-lo para comer. Com o tempo o cachorro passou a salivar assim que via o pedaço de pão. A salivaçao era uma resposta quando a comida era colocada em sua boca, era uma reação natural de reflexo do sistema disgestivo do animal e não envolvia aprendizagem. Pavlov designou esse reflexo de reflexo inato ou não condicionado.

Pavlov baseou seus estudos no condicionamento: fez a experiência de alimentar cães ao som de uma música determinada; posteriormente, ao ouvirem apenas a música, suas cobaias reagiram com secreção de saliva e de sucos gástricos.

Pavlov provou, por meio desse experimento, que os cães desenvolvem comportamentos e em respostas a estímulos ambientes, podendo tais comportamentos serem explicados sem que se precise entender o que se passa no plano mental ou psicológico. Essas conclusões deram material ao behaviorismo (teoria proposta por Watson) para afirmar que o ser humano aprende essencialmente através da imitação, observação e reprodução dos comportamentos dos outros, e que nossas ações são meras respostas ao ambiente externo.

Assim, quando as contrações começam, a grávida, aplica a técnica aprendida durante o curso, ou seja, respirar como cachorro ou com a barriga (não se respira pelo nariz).

Uma coisa em posso garantir: a criança, cuja mãe fez o curso de parto sem dor, é muito mais calma que as demais. Na oitava semana o Téo já dormia a noite toda. As minhas colegas que tiveram parto sem dor afirmam que o parto foi super tranquilo e que não sentiram dor. Da mesma forma os bebês começaram a dormir a noite toda logo nas primeiras semanas.

Alguns hospitais já estão ensinando algumas técnicas para acalmar a gestantes e humanizar os partos. Procure se informar na sua cidade.

11 comentários:

Adriana disse...

Oi Tânia!

Passei para desejar um ótimo final de semana a vc e sua família!

Adorei o tema desse post, realmente esse curso é muito importante para todas as gestantes.

Já conhecia Pavlov e sua pesquisa do reflexo condicionado. Fiquei curiosa quando li uma referência sobre ele em um livro do André Luiz e fui pesquisar. É muito interesante mesmo!

Beijos!!! :)

Lola disse...

Olá, moça,
Saudades de você... Estou um pouco sumida porque estou olhando meu sobrinho enquanto minha irmã faz um passeio. Dá uma lida no blog do Oscar que você entenderá!!!
Adorei sua postagem...Meu sobrinho está me fazendo recordar muitas coisas...
Beijo grandão...

Maria Fernanda disse...

Adorei este post... estou em uma fase que tudo que diz respeito a gravidez estou dentro.... acho que meu espirito já está gravido...
bjs

Rose disse...

Tenha um bom fim de semana.fique na boa.Aqui em BH está bom para um cafezinho com pão de queijo, aceita?
Bjs.

disse...

Olá Tânia!

bom seria se em todos os postos de saúde fosse aplicado esse maravilhoso método.
Sabe, tive três filhos, dois de parto normal e uma cesaria. Mas confesso que pudesse ter mais filhos, os teria todos de parto normal.
Creio que o não ter dor esta relacionado com o querer não ter.
em meus partos foi tudo tão bom e gostoso que não consigo nem lembrar dessa dor tão ruim que a maioria das mulheres falam.
E quando as filhas de minhas amigas estão para dar a luz faço a maior propaganda dizendo que é bem melhor o parto normal do que o cirurgico. E agora com esse método, Deus meu fica divinal.
Deu para perceber que amo ser mãe, rsrsrs...pena não poder tido mais filhos...

Tenha um final de seman pra lá de bom junto aos seus, fique com as bençãos do Senhor!
Beijos!

Rô!

Cris disse...

Oi, T�nia...
Te v� no blog da Lola e fiquei curiosa (pelo teu t�tulo ).
Gosto muito quando conhe�o gente s�ria na blogosfera. Eu brinco muito nop meu espa�o, mas com responsabilidade. Ele � uma catarse pessoal.
Tive meu filho Ha 25 anos de c�coras , como as �ndias. Sou arquiteta . Quando derm me fa�a uma visita.

Grande abra�o.

fabio campos disse...

Tânia,
é exato o que você afirma. Ao menos pela minha experiência enquanto pai. Acompanhei o nascimento de meus dois filhos.
Sou músico e gostaria também de deixar aqui um contato de meu blog que criei recentemente com meu trabalho chamado MÚSICA DE NASCER, no qual desenvolvo músicas e CD´s com músicas COMPOSTAS PELOS PAIS para seus filhos nascerem.
Eu arranjo os temas musicais e eles tocam no CD antes - em casa -, durante e depois do nascimento. Uma experiência de intimidade e relaxamento incríveis que pude desfrutar com os meus que, atualmente, já aprendem a ler, tem 6 e 8 anos e tiveram seus nascimentos acompanhados pelos pais.
Parabéns pelo blog!

Fabio Campos
MÚSICA DE NASCER
www.musicadenascer.blogspot.com
email: musicadenascer@gmail.com

anna laura disse...

Adorei essa matéria, que gostaria muito de fazer esse curso para parto normal. Poderia me mandar o endereço ou telefone que posso entrar em contato com a D. lucinha, quero muito ter parto normal, já estou com 7 meses!
Parabéns pelo Blog!
annalauracortez@hotmail.com

Anônimo disse...

Oi estou com 30 semanas de gestação e quero muito tentar o parto normal, poderia me informar mais sobre a D. Lucinha? endereço ou telefone.
parabéns pelo Blog!
annalauracortez@hotmail.com

Anônimo disse...

Gostei muito desta matéria,e quero muito fazer este curso para parto normal. Poderia me mandar o endereço ou telefone que posso entrar em contato com a D. lucinha, quero muito ter parto normal,e pretendo fazer o curso, aguardo resposta o mais rápido possivel, obrigada
ladymobile2@gmail.com

MR MIX disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.