sábado, 15 de novembro de 2008

Tráfico de seres humanos

Na data da Proclamação da República resolvi fazer um post diferente e falar da escravidão de pessoas.

O tráfico de seres humanos, como diz Daniela Alves, é a escravidão do século XXI. Não importa se são crianças, meninas, mulheres ou homens, qualquer um pode se tornar uma vítima.

Segundo o Protocolo para Prevenir, Suprimir e Punir o Tráfico de Pessoas, especialmente Mulheres e Crianças - mais conhecido como Protocolo de Palermo - o Tráfico de Seres Humanos (TSH) envolve:

“o recrutamento, o transporte, a transferência, o alojamento ou o acolhimento de pessoas, recorrendo à ameaça ou ao uso da força ou a outras formas de coação, ao rapto, à fraude, ao engano, ao abuso de autoridade ou de situação de vulnerabilidade ou à entrega ou aceitação de pagamentos ou benefícios para obter o consentimento de uma pessoa que tem autoridade sobre outra, para fins de exploração. A exploração deverá incluir, pelo menos, a exploração da prostituição de outrem ou outras formas de exploração sexual, o trabalho ou serviços forçados, a escravatura ou práticas similares à escravatura, a servidão ou a extração de órgãos”.

Em razão disso, o Instituto Brasileiro de Inovações Pró-sociedade Saudável IBISS estará promovendo um curso de capacitação sobre o tema no CRAS do bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, entres os dias 18 a 21 de Novembro.

Um comentário:

Jeanne disse...

Ótimo saber que algo está sendo feito sobre este assunto, embora a gente sempre fique com a impressão que as iniciativas são sempre insuficientes em numero perante a criminalidade que parece só aumentar.
mas enfim, não podemos perder as esperanças, não é mesmo?
Beijos