terça-feira, 8 de junho de 2010

Seminário “Nome Social: do legal ao (i)moral


"Ninguém vive bem sua sexualidade numa sociedade tão restritiva, tão hipócrita e falseadora de valores; uma sociedade que viveu a experiência trágica da interdição do corpo com repercussões políticas e ideológicas indiscutíveis; uma sociedade que nasceu negando o corpo. Viver plenamente a sexualidade sem que esses fantasmas, mesmo os mais leves, os mais meigos, interfiram na intimidade do casal que ama e que faz amor, é muito difícil. É preciso viver relativamente bem à sexualidade. Não podemos assumir com êxito pelo menos relativo, a paternidade, a maternidade, o professorado, a política, sem que estejamos mais ou menos em paz com a sexualidade." Paulo Freire

OBJETIVO: Promover a discussão a respeito da polêmica questão do nome social para as pessoas transexuais e travestis – estudantes da UFMT – como respeito à cidadania e a dignidade da pessoa humana.

Data: 15/06/2010

Local: Teatro da UFMT

Horário: 08 às 22 horas

ORGANIZAÇÃO E COORDENAÇÃO:

GRUPO DE ESTUDOS EM DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA LGBT – GECi/NIEVCi/ICHS

FACULDADE DE DIREITO – UFMT

LIVREMENTE CONSCIENTIZAÇÃO E DIREITOS HUMANOS LGBT

CENTRO DE REFERENCIA DE COMBATE A HOMOFOBIA - SEJUSP

UFMT.jpg


Nenhum comentário: