sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Bióloga que teve perna arrancada volta a Amazônia

Encerro este ano com a notícia abaixo, por tratar-se de um exemplo de vida! Para todos os biológos e biológas, homens e mulheres, que podem fazer coisas úteis não só para a natureza, como para os outros e para si próprios! 
Feliz Ano Novo Amigos!
 
 
 
Menos de um ano após ter a perna arrancada por um jacaré na Amazônia, a bióloga paulista Deise Nishimura, 24, voltou nesta segunda-feira para o local onde foi atacada. Ela vai retomar sua pesquisa com botos cor-de-rosa da região.

Em 30 de dezembro de 2009, quando limpava peixe na varanda da casa flutuante onde morava, em uma reserva florestal isolada no Alto Amazonas, foi atacada por um gigantesco jacaré-açu. Ela conseguiu fugir nadando do jacaré que a atacou e de um outro, além de um cardume de piranhas.
 
Quando a população local soube do acidente capturaram o jacaré e retiraram a perna da bióloga para tentar implantá-la, mas o médico disse que  não seria possível, pois,  o membro  já havia passado muitas horas dentro do estômago do jacaré.
A região tem uma dos maiores populações desses répteis do Brasil, com cerca de 90 animais por habitante.

O jacaré-açu, que é o maior predador da América do Sul e pode chegar a seis metros de comprimento, pulou cerca de um metro para alcançá-la.

Bruno Fernandes/Folhapress

3 comentários:

fénix renascida disse...

Que história impressionante, meu Deus!

Que mulher! Exemplo de coragem e de determinação!

Passei por aqui para desejar um Feliz Ano 2011.

Bjs:)

Brasil Desnudo disse...

Olá, Tânia!!

Nossa que coisa louca essa!!

Mas isso demonstra também a força e a perseverança dela, em continuar a vida, mesmo depois de um acidente tão trágico como esse!

Talvez seja essas, as pessoas que deveríamos ter em muitas, em nosso Brasil, tão descrédito de tudo.

Aproveito pra te desejar um Feliz Ano Novo repleto de muitas felicidades e, paz e amor no coração.

Com todo carinho

MARCIO RJ

Luma Rosa disse...

Grande lição! Eu teria muito medo em voltar, mas acho que ela tem um ideal - essa pesquisa para finalizar - isto dá força para superar o fato!!
Feliz ano novo!! Paz, fraternidade e muito amor!!
Beijus,