terça-feira, 16 de abril de 2013

6.º BookCrossing Blogueiro

O tema da Campanha Nacional da Defensoria Pública de 2013 será: “Defensores Públicos Pelo Direito de Recomeçar”. A ANADEP (Associação Nacional dos Defensores Públicos) responsável pelo lançamento do evento, que ocorre no Dia Nacional da Defensoria Pública, tradicionalmente comemorado em 19 de maio, este ano resolveu antecipar, pois, cairá em um domingo. 

Desta forma, para otimizar as atividades e a projeção da Campanha nos Estados, seu lançamento oficial será no dia 17 de maio (sexta-feira) na capital do Rio Grande do Sul e terá como tema a execução penal.


“Defensores Públicos Pelo Direito de Recomeçar” tem por objetivo mostrar a importância da atuação do Defensor Público na área de Execução Penal e divulgar a necessidade da criação de mecanismos de reinserção social para pessoas privadas de liberdade, tendo como princípio a educação e geração de emprego ainda durante o cumprimento da pena.

A Campanha tem também como desafio destacar iniciativas positivas e casos de ex-detentos que, através de oportunidades de trabalho e educação (formação), reconquistaram seu espaço na sociedade. Além de estimular em empresas, entidades, instituições e comunidades a percepção da necessidade de acolher o egresso, oferecendo-lhe oportunidades no mercado de trabalho.

Bom, gente há um ano a REPARE  vem desenvolvendo um projeto com objetivo de reinserir apenados da minha cidade. No ano passado eu libertei 10 livros no albergue masculino durante o Book Crossing  e este ano, como o tema da Campanha Nacional da Defensoria Pública tem tudo a ver com educação, a REPARE, organização da não governamental, da qual eu faço parte, resolveu libertar não só alguns livros, mas uma grande quantidade. Paralelo a isso, peticionarei ao Juízo para implantar um "Clube da Leitura" no local. Os apenados poderão conseguir remição mediante apresentação da resenha do livro. Será mais um estímulo a leitura!

Depois posto aqui o resultado!  

2 comentários:

Luma Rosa disse...

Uau!! Isso é demais, Tânia!
A leitura transforma a vida das pessoas e acho que essa é uma verdadeira evolução para o sistema penitenciário em nosso país! Abrandar penas através da cultura... maravilha!!
Obrigada por participar mais uma vez do BookCrossing Blogueiro!!

Teresinha disse...

Olá Tânia,
Achei essa ideia excelente. O gosto pela leitura, independente da situação é algo que deveria ser sempre estimulado. Viajar através dos livros nos possibilita grandes mudanças.
Bons fluidos.
Beijos mil