sábado, 18 de maio de 2013

O Mês de Maio

Maio é um dos meses mais importantes do ano né gente?
É o mês das mães, das noivas e além disso comemoramos o dia da família, que é no dia 15, juntamente com o aniversário da minha cidade: Várzea Grande!
Hoje, 18 de Maio é Dia Nacional de luta contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes porque nesse dia  e mês no ano de 1973, em Vitória, ES, a menina Araceli Santos, foi sequestrada, espancada, drogada, estuprada e assassinada numa orgia de drogas e sexo. Seu corpo só foi encontrado 6 dias depois, desfigurado por ácido. Os agressores ficaram impunes. 
Amanhã 19 de Maio é Dia Nacional da Defensoria Pública, então, juntando todas essas datas resolvi postar uma notícia de Barra do Garças, uma cidade do interior de Mato Grosso, onde reside minha colega Lindalva Fátima Ramos, por quem tenho uma admiração profunda em razão do seu comprometimento com as questões sociais e sobretudo com seu trabalho.  



A Defensoria Pública de Mato Grosso, Núcleo de Barra do Garças, integra o projeto da Rede de Enfrentamento da Violência Doméstica contra a Mulher em Barra do Garças e Pontal do Araguaia.

O projeto foi lançado nesta quarta-feira, 15, dentro da semana de atividades do curso de Serviço Social. A coordenadora do Núcleo da Defensoria Pública em Barra do Garças, Lindalva de Fátimas Ramos, participou do lançamento, que contou com cerca de 300 pessoas, entre estudantes, professores e autoridades locais.
O grupo de Trabalho da Rede de Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar é formado pelo Ministério Público, Defensoria Pública, Poder Judiciário, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Secretaria de Educação, Secretaria de Assistência Social, Secretaria Municipal de Saúde de Barra do Garças; Secretaria de Políticas Públicas paras as Mulheres de Pontal do Araguaia, CRAS, CREAS, CAPS'AD, OAB – Subseção de Barra do Garças, UFMT – Campus do Médio Araguaia -, Faculdades UNIVAR, Faculdades Cathedral, Faculdades Anhanguera e Assessoria Pedagógica de Barra do Garças.

O objetivo da Rede, em um dos seus eixos, é possibilitar o atendimento da vítima, dos filhos, do agressor e dos demais familiares, caso necessário.
O grupo entende que não se consegue diminuir os índices de violência doméstica contra a mulher apenas defendendo a vítima e realizando campanhas preventivas. O agressor que é o ator principal desse tipo de violência precisa ser tratado e não só punido. Com isso, vislumbra-se a certeza de reduzir os índices de violência doméstica.
Vítima e Agressor já sairão da Delegacia de Defesa da Mulher com a data de realização da primeira audiência na Vara de Violência Doméstica, para um prazo máximo de 60 dias, bem ainda com os encaminhamentos pertinentes ao CREAS, CRAS, CAPS, IML, SAI, entre outros.

"Não poderíamos ter escolhido dia melhor para o lançamento deste Projeto, pois hoje, dia 15/05 é o Dia Internacional da Família", disse Lindalva Ramos.

LINDALVA VOCÊ É MARAVILHOSA!

Nenhum comentário: