quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Jovem estudante de sorriso consegue nota máxima no ENEM



O estudante mora com a mãe e um irmão de 8 anos e faz questão de relatar que sempre estudou em escola pública.


Foto: Reprodução






O sorrisense Weriton Nikyson Rodrigues Queiros, 23 anos, foi um dos estudantes que prestaram o último ENEM(Exame Nacional do Ensino Médio)e que conseguiu nota 1000, sendo a nota máxima no EXAME. Weriton se destacou com sua nota na redação, sendo um dos 250 candidatos que alcançaram tal façanha na redação em todo o Brasil.


Weriton reside no bairro Nova Aliança, em Sorriso e é funcionário da prefeitura municipal, onde desempenha a função de agente de endemias (faz visitas a domicilio para vistoriar a presença ou não de focos do mosquito da dengue). O estudante mora com a mãe e um irmão de 8 anos e faz questão de relatar que sempre estudou em escola pública.


O destaque que o estudante conseguiu no ENEM, ele atribui a leitura frequente que pratica, e também de ter cursado 04 semestres do curso superior de Pedagogia. Segundo o mesmo, este diz ser um devorador de livros. Somente em 2014 chegou a ler 29 livros. Neste inicio de 2015 já foram dois, tendo como meta para este ano de no minimo 30. Mesmo assim ele diz que não esperava a nota máxima do ENEM que tirou: “Eu esperava uma nota boa, mas não esperava uma nota tão alta. (....) Pesou bastante o fato de eu ter feito quatro semestres de Pedagogia no Instituto Federal do Mato Grosso. Um curso que eu desisti porque eu não gostava(...) O tema da redação pra mim não foi difícil. Pelo menos pra mim não foi um tema difícil.” Disse o estudante em entrevista.


O tema da redação "Publicidade Infantil", que segundo o estudante foi descrito por ele apontando uma solução para o caso, que seria ter um maior dialogo entre os grupos envolvidos. “Eu coloquei praticamente o que eu sei sobre o tema "Publicidade Infantil". A solução para o problema na Publicidade Infantil, na minha opinião, não é a publicidade que prejudica muito as crianças. A solução dos problemas é conversar com os pais, com os anunciantes e as emissoras de TVs(...).” Destacou.


Weriton cursa atualmente o curso superior de Geografia em uma universidade particular de ensino a distância(Unip), no pólo Sorriso, e com a nota que alcançou ele pretende conseguir no minimo a isenção do pagamento das mensalidades através do programa Federal, Prouni: “No momento eu pago mensalidades. Com essa nota eu pretendo fazer o Prouni, para o mesmo curso, e assim parar de pagar as mensalidades. “


Esta é a segunda vez que o estudante presta o exame do ENEM: “ Eu já tinha feito o ENEM em 2009, onde tirei 780 pontos na redação. Naquela época eu já estava fazendo faculdade, estava fazendo Pedagogia no IFMT, então fiquei tranquilo, pois só fui pra testar os meus conhecimentos. Foi uma nota boa que eu tirei também ”.


Weriton destaca que um dos grandes incentivadores de ele estudar foi seu pai que era vaqueiro e que dizia para ele estudar pra não tocar gado com ele. Seu pai faleceu em um acidente de motocicleta no ano passado, em um trevo próximo da guarita do pedágio da APASI (sentido Sorriso a Ipiranga do Norte), quando seguia de motocicleta para o trabalho na fazenda.


Fonte: 24 horas news


-

Um comentário:

Luma Rosa disse...

Oi, Tânia!
E pensar que muitos jovens deixam de estudar pq precisam contribuir com a renda familiar... Quando os pais incentivam os filhos a estudar, o futuro passa a ser um lugar real e mais feliz!
:)
Beijus,