quarta-feira, 20 de julho de 2016

Artista plástico matogrossense é premiado na Suiça

Tenho costume de postar sobre artistas, atletas e outras que se destacam, quase sempre do gênero feminino, mas preciso abrir uma exceção para mostrar essa pessoa.

Assisti ontem uma reportagem num noticiário local e fiquei espantada com tamanha beleza das telas do artista plástico Peterson Clayton da Silva, de Rondonópolis. Ele vem sendo reconhecido internacionalmente. No último dia 26 de junho um de suas obras: "Brasilidade" foi escolhida como a melhor pintura durante uma Exposição no Salão de Arte Brasileira realizada em Vaduz, capital de Liechtenstein, na Suíça. Simplesmente impressionante!


                                                                Foto tirada pelo próprio artista


Peterson, que hoje estuda artes visuais no centro universitário Belas Artes em São Paulo, recebeu o convite por meio de curadora e o resultado final foi o 1º lugar.

Num momento onde as pessoas só se focam naquilo que acontece de mal, esse rondonopolitano resolveu focar no lado bom do que temos, na natureza e demonstrar as belezas do nosso Estado.

" As pinturas que envolvem as figuras como araras, indígenas, onças, é o meu forte." Disse ele a um repórter da Gazeta. 

Uma garotinha indígena da etnia Karajá foi fonte de inspiração para artista durante a escolha de desenho da obra.  Peterson conheceu a criança nos Jogos Mundiais Indígenas, realizados em Cuiabá no ano de 2013.
                                     Foto retrata a inspiração para a obra premiada na Suiça. Foto:GazetaMT

Em setembro, Peterson tem um novo desafio. O artista estará com a Exposição "Joias da Mata" na galeria de artes do Hotel Hilton/SP.

Outra boa notícia é que Peterson recebeu convite para participar do Salão de Artes Contemporânea em Bruxelas na Bélgica que acontecerá em 2017. "Esta é outra porta que espero ultrapassar. E mais uma vez vou valorizar as riquezas do nosso país".

Parabéns Peterson, que DEUS ilumine ainda mais sua jornada! 

Nenhum comentário: