quarta-feira, 27 de junho de 2007

Fábula terapêutica

Estou postando novamente esta fábula porque acho que tem tudo haver comigo. De um tempo para cá resolvi assumir o controle da minha vida, não deixo mais que pessoas mau humoradas, nervosas e estressadas interfiram no meu estado de espírito.
"Era uma vez uma mulher que se mudou para uma caverna nas montanhas para aprender com um guru. Ela disse a ele que queria aprender tudo que havia por saber. O guru entregou-lhe pilhas de livros e deixou-a a sós para que pudesse estudar. Todas as manhãs, o guru ia à caverna para inspecionar o progresso da mulher. Ele levava na mão uma pesada vara. Todas as manhãs, fazia a ela a mesma pergunta:_ Já aprendeu tudo?Todas as manhas, a resposta dela era a mesma:_ Não, ainda não. O guru então batia com a vara na cabeça dela.Isso se repetiu por meses. Um dia, o guru entrou na caverna, fez a mesma pergunta, ouviu a mesma resposta e levantou a vara para bater da mesma forma, mas a mulher agarrou-a antes que tocasse sua cabeça. Aliviada por evitar a surra do dia, mas com medo de represália, a mulher olhou para o guru. Para a sua surpresa, o guru sorria._ Parabéns _ disse ele. _ Você se formou. Você agora sabe de tudo que precisa saber. _ Como assim?_ perguntou a mulher._Você aprendeu que nunca aprenderá tudo que há para saber _ respondeu ele. _ E aprendeu como parar a sua dor. Este livro é sobre isso: aprender a parar a dor e assumir o controle de sua vida.
"Trecho retirado do livro: Co-dependência nunca mais, Melody Beattie, pág. 20 e 21.

5 comentários:

Maria Fernanda disse...

Vc está de parabéns, eu ainda estou no caminho.
beijos

Tânia Defensora disse...

Obrigada Fernandinha! Seu blog também está cada vez melhor!

Eneida disse...

Que sábia decisão! Parabéns!
Puxa, e eu que ainda não tinha percorrido com meus olhos toda a lista do "Flainando"! E eis que ali te encontrei. Não sabia! Que bom poder te conhecer melhor! E obrigada pelo email e por "linkar" o Rincão!
Beijão!

Tânia Defensora disse...

Oi Eneida!
Que saudades!
Visito sempre o seu blog, mas ainda estou aprendendo o B-A BA, da blogsfera... Tentei deixar um recado lá, não sei se consegui...
Beijoca
Tânia

San_flower disse...

Adoreiiiiiiiii!
A gente precisa cultivar esse pensar, refletir sobre o que desejamos ser e lutar por isso, doa a quem doer, até a nós mesmos.
Beijos
Vou te seguir
San